Sonho

De vez em quando uma música de uma fita k7 que joguei fora (coisa de que me arrependo amargamente) invade a minha lembrança, essa semana ela tocou inteira em meu sonho, com direito a sequencia que tinha na fita. Nunca soube seu nome e nem de quem é, nem o estilo, nem nada. Não sei transcrever nenhuma parte da letra que é em inglês. Já perdi dias inteiros procurando por ela, já baixei cds inteiros por pensar ter ouvido alguma semelhança na voz. Não sei quando vou encontrá-la, espero que um dia ela toque no mesmo programa onde a conheci, de onde gravei. Como eu posso ter jogado fora a minha música favorita? Quase fazendo são longuinho para encontra-la... e se isso acontecer, minhas lágrimas vão encher uma piscina.

Acho que de uns meses para cá sou uma pessoa mais triste não por não ter tido sorte no amor, mas porque não tenho tido acesso aos meus arquivos musicais, albuns e mais albuns pelos quais era completamente apaixonada. Me sinto perdida sem as minhas músicas, sem as minhas listas diárias, sem os meus sonhos embalados por elas. A caminhada é mais pesada. Eu respirava música. Agora tento sobreviver com alguns livros, alguns filmes, contatos curtos e uma playlist no celular.  Mas não tem mais uma lista inteira só de canções que eternalizem certas experiências. E ultimamente tem sido muitas das quais quero lembrar.

Comentários

Postagens mais visitadas